carregando

Digite para pesquisar

Você sabe como evitar o catabolismo muscular?

É importante praticar musculação com a orientação de um profissional.

Se você é um frequentador assíduo de academia, já deve ter ouvido falar em catabolismo muscular. Ele refere-se a uma reação bioquímica, onde a massa muscular pode ser quebrada em moléculas menores e, assim, são transformadas em energia para serem utilizadas pelo organismo.

Vale ressaltar que, por meio desse processo, a massa muscular tende a diminuir cada vez mais. Lembrando que, quanto maior for a intensidade do treino nessa situação, maior será a perda muscular. Além disso, até mesmo uma virose ou falta de descanso adequado, levando ao excesso de treino ou overtraining, também podem influenciar no surgimento do catabolismo muscular.

É importante complementar que as fibras musculares quando sofrem microlesões, necessitam de um período de tempo para a sua recuperação e, com isso, ocorre a hipertrofia. Por essa razão, que é necessário respeitar o tempo de descanso para evitar o surgimento do catabolismo.

Um outro ponto que merece destaque, é que a ingestão de bebida alcóolica favorece para o aparecimento do situação, visto que a má alimentação também interfere na produção de novas proteínas. Nesse caso, estamos falando de uma dieta pobre em vitaminas, carboidratos complexos e proteínas. Por essa razão, é muito importante se alimentar de três em três horas. Dessa forma, o organismo estará sempre reabastecido para poder usar a energia dos alimentos e não dos músculos.

Além dessas dicas, existem outros ensinamentos especiais para evitar o catabolismo muscular:

  • Mantenha-se sempre hidratado

Você sabia que a água é o nosso principal catalisador? Sem a ingestão do líquido, podemos ter diversos problemas fisiológicos e hormonais. É por isso, que hidratando-se sempre, você irá aumentar seus resultados no treino e também estará com a saúde em dia.

  • Escolha alimentos de baixa glicemia

Um alimento de baixo teor de açúcar demora mais tempo para ser absorvido pelo organismo, já aquele com maior taxa glicêmica, é absorvido mais rápido. Por essa razão, escolha alimentos menos glicêmicos, como os carboidratos integrais. Dessa maneira, seu corpo usará estes alimentos para completar suas necessidades, sem precisar de retirar os aminoácidos dos músculos. Opte também pelo consumo de peito de frango, carne vermelha, ovo, aveia, salmão, iogurte e azeite de oliva extravirgem.

  • Tenha uma boa suplementação

Caso treine por períodos longos ou não possua uma qualidade muito satisfatória na alimentação, a suplementação com BCAA, Whey Protein e outros suplementos proteicos, auxiliam os músculos contra o catabolismo.

  • Durma bem

Sabia que uma ótima noite de sono ajuda a prevenir o catabolismo muscular? Isso acontece porque durante o sono, o hormônio do crescimento – chamado de GH – é liberado na corrente sanguínea para realizar várias funções, entre elas, a hipertrofia. Por essa questão, é que é fundamental você ter uma boa noite de sono.

  • Evite fazer atividades aeróbicas em excesso

Apesar dos exercícios aeróbicos serem excelentes para a manutenção da saúde e queimar calorias extras, quando realizados em excesso podem, também, gerar o catabolismo muscular, além da liberação do cortisol, hormônio que facilita a quebra de aminoácido dos músculos para serem utilizados em energia.

Agora que você já sabe os cuidados necessários para evitar o catabolismo muscular, esteja atento também para praticar musculação com a orientação de um profissional, uma vez que a modalidade exige esforço por parte das articulações e da musculatura. Assim, você, além de adquirir melhora do condicionamento físico, mais motivação e resultado, também terá diminuição do risco de sofrer lesões.

Que tal vir treinar com a gente?

O Santa Mônica Clube de Campo oferece a modalidade de musculação para seus associados, de terça a sexta, das 7h10 às 21h50 e aos sábados, domingos e feriados, das 8h10 às 17h50.

Maior clube de campo da América Latina, o Santa Mônica Clube de Campo disponibiliza mais de 30 atividades físicas e monitoradas, bem como trilhas ecológicas, piscinas, quadras de tênis, campos de futebol, saunas feminina e masculina, complexo lúdico infantil e muito mais para você e sua família. Clique aqui e saiba mais.

Atividades Físicas Cuidados Dicas Musculação Saúde