carregando

Digite para pesquisar

Treinou demais? Veja como aliviar a dor

É importante o acompanhamento profissional para orientar a carga de treinamentos e indicar o modo mais correto de realizar cada atividade.

No Verão sempre as academias lotam. Todos fazem promessas de emagrecimento e começam o novo ano motivados a cuidar da saúde ou mesmo para perder aqueles quilinhos a mais que incomodam. Entretanto, para aqueles que não estão acostumados com os treinamentos, as dores podem se tornar um grande problema, a ponto de largar o exercício diariamente por isso.

Como amenizar os sintomas das dores musculares pós-treino

As primeiras dicas são válidas não apenas para quem treina, como para qualquer pessoa que busca um estilo de vida saudável. Dormir bem é essencial. É no período noturno, durante o sono, que nosso corpo passa por um processo de síntese de proteínas e recuperação de fadiga. Uma alimentação balanceada – se possível orientada por um profissional – e voltada para seus objetivos (emagrecimento ou hipertrofia) é, também, de suma importância. Caso você não ingira as quantidades ideais de proteínas, carboidratos e outros, antes e depois do treino, a recuperação pode se tornar mais lenta e dolorosa.

A recuperação também passa por um bom descanso. As dores pós-treino são normais, nada mais sendo do que pequenos rasgos no tecido muscular, mas caso você exagere na carga, treinando seguidamente o mesmo grupo de músculos, elas podem se tornar mais intensas, favorecendo inclusive lesões mais graves. Para evitar a sobrecarga na musculatura, também é fundamental que você tenha sempre um profissional por perto, orientando a carga de treinamentos e indicando o modo mais correto de realizar cada atividade.

Optar por sessões de massagem pode resultar em um intenso alívio para as dores. A massagem auxilia o sangue a circular melhor no corpo, provocando uma sensação de relaxamento e acelerando o processo de recuperação dos músculos.

Uma tática muito conhecida por praticamente qualquer um que já sentiu dores, seja decorrente de exercícios ou não, é o gelo. Aplicar por alguns minutos um pouco de gelo, de preferência protegendo a sua pele com algum pano para evitar contato direto, pode provocar uma melhora, quase instantânea, caso as dores estejam muito fortes.

Se a dor estiver inibindo a realização de novas práticas físicas, uma recomendação indicada é realizar atividades que estimulem as regiões mais doloridas, porém, de forma bem menos intensa. Por exemplo, para se recuperar de uma caminhada intensa, que causou dores nas pernas, pode-se realizar a mesma atividade de forma mais leve, para não deixar de estimular a região.

Se você está disposto a mudar de hábitos e adotar uma nova rotina de exercícios físicos, o Santa Mônica Clube de Campo oferece uma diversidade de atividades físicas e esportes, com a orientação de profissionais especializados, além de uma excelente estrutura à sua disposição, com opções de locais para alimentação saudável e muito mais. Para aqueles que buscam condicionamento físico e sair do sedentasrismo há também as opções de musculação, treinamento funcional, zumba e pilates. Clique aqui e saiba mais.

Atividades Físicas Cuidados Dicas Musculação Saúde