carregando

Digite para pesquisar

Novembro Azul: a saúde do Homem em jogo

Movimento mundial alerta a conscientização contra o câncer de próstata

Todo dia é dia para cuidar da saúde, mas, especialmente em novembro, é exaltada a necessidade dos homens fazerem um check up e procurarem os urologistas. Passou da hora do universo masculino se conscientizar da importância da prevenção e detecção precoce do câncer de próstata, doença mais comum entre os homens depois do câncer de pele não-melanoma, e que pode ser curado se descoberto no início. Mesmo com acesso à informação e campanhas, os números da doença crescem a cada ano. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, somente em 2018, mais de 68 mil casos foram diagnosticados no Brasil, com 15.391 mortes constatadas.

Mesmo assim, os homens têm receio e há um baita preconceito com exame retal que é o principal meio de diagnosticar o problema. Para muitos o assunto é tratado como um tabu, com constrangimento. Além disso, exames radiológicos e de sangue também ajudam a identificar o surgimento do câncer e o seu grau de evolução. A realização regular preventiva pode detectar tumores em seu estágio inicial, o que colabora para um tratamento muito mais efetivo. Então, qual o momento certo de fazê-los?

A Sociedade Brasileira de Urologia prevê que o ideal é se faça o exame a partir dos 45 anos. É fundamental lembrar que, antes ou depois dessa faixa etária, se forem apresentados sintomas como crescimento da próstata, dificuldade em mictar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite a orientação é procurar um especialista o quanto antes. Esses indícios não significam que a pessoa esteja com o câncer de fato, mas necessitam de investigação. Em fases avançadas, a doença ainda pode provocar dor óssea, infecção generalizada e/ou insuficiência renal.

É importante atentar-se, também, ao histórico familiar, o que aumenta de cinco a dez vezes as chances de desenvolver a doença.

Homens: câncer tem tratamento e cura. Sua vida é importante! Procure o seu médico. Cuide-se! Sua saúde só depende de você!

Notícias do Santa Mônica