carregando

Digite para pesquisar

Fadiga muscular: você sabe como prevenir?

A fadiga muscular compromete bastante o rendimento dessas pessoas.

A fadiga muscular é um problema bastante comum e costuma afetar principalmente as pessoas mais sedentárias e, também, aquelas que fazem exercícios físicos de maior duração e intensidade. Esse mal-estar, em geral, aparece de maneira súbita, após se submeter a algum esforço físico demasiado – seja ele esportivo ou derivado de tarefas corriqueiras do dia a dia que fizeram os músculos trabalharem além do limite. Gerando grande debilidade e sintomas como desconforto e dores espalhadas pelo corpo, sensação de desequilíbrio e enfraquecimento muscular, sobretudo nas pernas.

O que é fadiga muscular?

A fadiga muscular é uma disfunção musculoesquelética que ocorre quando o músculo se torna temporariamente impossibilitado de reagir da maneira correta aos estímulos que lhe foram exigidos. Uma vez fatigada, essa cadeia de músculos torna-se fraca e apresenta grande queda na sua resistência. São essas as características que por vezes geram cansaço físico exacerbado e acabam interferindo de maneira negativa nos treinos que demandam muito impacto e força.

Por que ocorre a fadiga muscular?

Esse desconforto aparece quando o músculo não está preparado para ser submetido a um esforço demasiado. Desse modo, suas fibras acabam sendo exigidas além do limite a acabam se rompendo. Uma situação perigosa e que pode levar até ao aparecimento de lesões musculares. Diversos fatores podem causar a fadiga muscular, os principais costumam ser:

  • Treinos muito fortes e duradouros
  • Malhar em jejum ou fazer uma refeição inadequada no pré-treino;
  • Repouso insuficiente depois de realizar os exercícios.

Fadiga muscular depois do treino

Uma das maiores queixas de quem treina pesado e de atletas de alto desempenho, a fadiga muscular compromete bastante o rendimento dessas pessoas. Por praticarem constantemente treinos poderosos e que exigem maior sobrecarga de energia muscular, elas podem acabar exagerando na dose e levar o músculo à exaustão. Isso faz com que apareça a fadiga muscular após o exercício físico. Um mal-estar que pode demorar a passar e, até mesmo, tornar-se crônico.

Como prevenir o problema?

A prevenção da fadiga muscular é feita com as seguintes medidas simples:

  • Evite treinar sem estar corretamente aquecido e alongado;
  • Mantenha uma alimentação adequada no pré-treino, com uma boa proporção entre carboidratos e proteínas;
  • Não esqueça de se hidratar durante e depois da prática esportiva;
  • Durma bem;
  • Se você faz treinos puxados, o ideal é dar uma pausa de, pelo menos, 48 horas entre as atividades para recuperar o músculo exigido.

Suplementação para evitar fadiga muscular

Os suplementos também podem ser ótimos aliados para evitar a fadiga muscular. Especialmente, para quem pratica atividades mais intensas e pode acabar sentindo a necessidade de utilizar algum tipo de suplementação em conjunto com refeições equilibradas no pré e pós-treino. Os suplementos mais utilizados para acabar de vez com a fadiga muscular são o BCAA, Taurina, Creatina e os que contêm cafeína.

Condicionamento físico

Venha fazer parte do Santa Mônica Clube de Campo, um dos maiores clubes da América Latina! Aqui você vai curtir momentos de muita diversão com a família e amigos em um ambiente totalmente seguro, cercado por uma imensa reserva ecológica e que conta com diversas opções de entretenimento. São mais de 30 modalidades esportivas, além de atividades culturais e sociais. Clique aqui para mais informações.

Atividades Físicas Dicas Saúde